Proposta Pedagógica

É importante também conhecer a proposta pedagógica que orienta os trabalhos do IESJ.

Proposta Pedagógica: Construir competência a partir da análise real dos fatos e das coisas em geral, da compreensão dos acontecimentos, da argumentação e da elaboração de propostas para solução de problemas, conforme teria de Philippe Perrenoud. Esse processo se dá através de práticas sócio-construtivistas inspiradas em Lev Vygostsky e Jean Piaget.

Entenda um pouco mais sobre os pressupostos teóricos:

O QUE É SÓCIO-CONSTRUTIVISMO?

O Sócio-construtivismo propõe construir o conhecimento baseando-se nas relações dos alunos com a realidade, valorizando e aprofundando o que a criança já sabe. O conhecimento e a inteligência vão se desenvolvendo passo a passo, num processo de construção que é tão importante quanto o próprio conhecimento.

O professor é responsável por ajudar o aluno neste processo. As crianças crescem mais críticas e capazes de aprender por si. A criança é incentivada a desenvolver o senso de responsabilidade pelo próprio aprendizado.

O QUE É ENSINO POR COMPETÊNCIAS?

Segundo Perrenoud (1999, p. 30): “Competência é a faculdade de mobilizar um conjunto de recursos cognitivos (saberes, capacidades, informações etc.). Para solucionar com pertinência e eficácia uma série de situações”.

Três exemplos:

Saber orientar-se em uma cidade desconhecida mobiliza as capacidades de ler um mapa, localizar-se, pedir informações ou conselhos; e os seguintes saberes: ter noção de escala, elementos da topografia ou referências geográficas.

Saber curar uma criança doente mobiliza as capacidades de observar sinais fisiológicos, medir a temperatura, administrar um medicamento; e os seguintes saberes: identificar patologias e sintomas, primeiros-socorros, terapias, os riscos, os remédios, os serviços médicos e farmacêuticos.

Saber votar de acordo com seus interesses mobiliza as capacidades de saber informar-se, preencher a cédula; e os seguintes saberes: instituições políticas, processo de eleição, candidatos, partidos, programas políticos, políticas democráticas etc. Segundo Perrenoud (1999):

“Se aceitarmos que competência é uma capacidade de agir eficazmente num determinado tipo de situação, apoiada em conhecimentos, mas sem se limitar a eles, é preciso que alunos e professores se conscientizem das suas capacidades individuais que melhor podem servir o processo cíclico de Aprendizagem-Ensino-Aprendizagem”. (PERRENOUD, 1999, p. 7).

Fonte: PORTAL EDUCAÇÃO – Cursos Online : Mais de 1000 cursos online com certificado

Por que escolhemos trabalhar com Sistemas de Ensino?

  • Os sistemas permitem que todas as disciplinas sejam trabalhadas dentro de uma mesma abordagem de ensino, facilitando o acompanhamento do aluno e integrando o trabalho dos professores.
  • Adotamos diferentes sistemas porque acreditamos que as necessidades educacionais dos alunos mudam conforme o tempo. Assim, o UNOi e FTD possuem uma linha pedagógica atitudinal, com o objetivo de aliar conhecimento, cidadania e ludicidade, conceitos que precisam ser construídos na criança e início da adolescência. Já o SAS está voltado para a construção de habilidades mais específicas, que prepararão nossos alunos não só para o ENEM, mas para adquirir competências acadêmicas para a vida.
  • Além disso, todos os sistemas possuem avaliações sistemáticas que permitem o acompanhamento de resultados e a comparação dos mesmos com outras escolas do Brasil, aliadas às plataformas interativas que possibilitam a ampliação dos conteúdos ministrados em sala de aula.

uno_aparatoOutra inovação em 2016, será a adoção do Bilinguismo pelo UNOi, onde o aluno aprenderá Inglês de forma intuitiva através de projetos de ensino. Para tanto, serão três aulas de inglês durante a semana, em que a professora ou professor falarão apenas nessa língua, de forma a proporcionar a imersão dos alunos na língua inglesa.  Além disso, o UNOi tem como proposta educacional aliar conhecimento e tecnologia, transformando a sala de aula em espaços multimídias, ampliando, assim, as metodologias de ensino.

Em 2016, o IESJ trabalhará com três Sistemas de Ensino em paralelo. São eles:

uno_sistema

Educação Infantil
4º ao 7º Anos do Ensino Fundamental

ftt_sistema

1º ao 3º Ano do Ensino Fundamental

ari_sistema

8º Ano do Ensino Fundamental
Ensino Médio e Pré-Vestibular